Dia 01 de Dezembro

O que empresas podem aprender com comunidades para evoluir a cultura organizacional

18:00 - 19:00

Lê Maestro - Coordenador de Arte e Cultura da Gerando Falcões

Mediação: Augusto Júnior - Diretor Executivo do Instituto Anga

Descrição do Painel:

Humanização é uma palavra que pode ter diversos significados, mas que traz em sua essência a importância de colocar as pessoas no centro. Atualmente temos vivenciado ambientes de trabalho tóxicos, que não valorizam diversidade, que não dão oportunidades iguais e, muitas vezes, excluem as pessoas.

Esse tipo de cultura cria cidades que aumentam a desigualdade social, com impacto negativo para o meio ambiente e a economia.


Lê Maestro, da Gerando Falcões, traz reflexões para construir mais pontes e destruir muros, aproveitando os dois lados: a força das empresas e a força das comunidades que, aliadas, constroem uma nova cultura para um mundo melhor.

Faça sua inscrição:

Lê Maestro

Lê Maestro, nasceu no extremo leste de SP. Na adolescência sonhava ser skatista profissional, mas aos 16 anos, seu sonho foi abortado quando se tornou dependente de cocaína, chegando perto da morte. Numa casa de recuperação escreveu sua primeira letra de Rap, despertando sua vocação. Hoje, livre das drogas, acredita que pode mudar o mundo com HIP HOP, skate e a cultura de rua.


Coordenador de Arte e Cultura no instituto Gerando Falcões. Gravou seu CD em um dos 5 melhores estúdios do Brasil, apto pela Universidade Federal de Santa Catarina para agir no combate as drogas pela prevenção e aconselhar dependentes químicos. Foi nomeado Pelo Fórum Econômico Mundial um 15 jovens brasileiros que podem mudar o mundo.

Augusto Júnior

Diretor Executivo do Instituto Anga, organização que atua com

o propósito de transformar organizações de dentro, sendo

um catalisador da liderança consciente para jovens. Co-fundador e co-líder do Chapter Campinas de Capitalismo Consciente, que vem trabalhando para disseminar um novo modelo de economia e negócios. Membro do Conselho Editorial e colunista na Revista HSM. Foi selecionado pelo Fórum Econômico Mundial para fazer parte dos Global Shappers o desdobramento

do Fórum para jovens com menos de 30 anos com o potencial de mudar o estado do mundo.


Linkedin: linkedin.com/in/augustojr